Sociedade Natural

Sociedade onde ódio, ganancia, hierarquias totalitárias, guerras abertas e terror não existirão. Sociedade onde homem (animal humano), Animal selvagem, mundo vegetal e toda vida que nos rodeia merece o mesmo respeito e consideração.

Para uns uma utopia, para outros uma afronta, para alguns um caminho, para poucos uma verdade mas foi assim que evoluímos. Uma sociedade onde o individuo conta, tem “direitos e deveres” mas nunca obrigações. Uma sociedade onde a diferença é um complemento, onde o “mais forte” não é patriarca, solidário ou “grande homem”, onde o mais fraco não é um pêndulo (que equilibra o bem e o mal em acções), um meio de alcançar um estado de conexão universal, um erro, mas uma sociedade onde ambos se completam.

Uma sociedade onde o corte de árvores, de carne ou na igualdade humana representa uma única repressão, uma única dor. Uma sociedade onde a resposta à repressão não olha a pirâmides, Árvores Esotéricas, cor, crença, olha simplesmente à vida.

Muitos procuram viver essa sociedade desde sempre, a Idade de Ouro é apresentada como um exemplo. Do movimento do proletariado no sec XIX saíram vários indevidos e grupos que formaram colónias naturistas, movimentos revolucionários e voltaram a reclamar o reencontro com a natureza. Olhando-a como parte de nós humanos, e não como algo à parte.

Aqui partilha-se informação sobre: ecologia, espiritualidade, animismo, herbalismo, xamanismo, eco anarquismo, primitivismo e eco fascismo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s